SIGNINUM, A VALORIZAR PATRIMÓNIO DESDE 2001

O projeto de restauro e recuperação da Quinta Alegrete, imóvel da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa, venceu a 6.ª edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, área de Restauro. Trata-se de um palácio de influências tardo-barrocas e neoclássicas, construído em meados do século XVIII, pelo 2º Conde de Vilar Maior e 1ª Marquês de Alegrete, que foi adaptado para a instalação de uma unidade social. Os trabalhos decorreram durante o ano de 2016 e 2017, e envolveram todas as áreas da empresa. Este galardão que pretende “reconhecer, premiar e divulgar a excelência" na renovação das cidades portuguesas, afirma-se "atualmente como a mais prestigiada distinção" na área da reabilitação do edificado e requalificação dos territórios em Portugal.

PRÉMIO NACIONAL DE REABILITAÇÃO URBANA (PNRU), ÁREA DE RESTAURO – 2018

A Comissão Europeia entregou o certificado "Selo de Excelência" à Signinum, pela introdução do projeto XpeCAM, uma câmara de análise multiespectral portátil, que permite monitorizar, in loco, o estado de conservação das obras de arte. Para António Cardoso, “este selo é um indicativo de referência para quem olha para a nossa empresa, garantindo o reconhecimento do nosso esforço em desenvolver um projeto válido no qual qualquer investidor pode e deve apostar”.

SELO DE EXCELÊNCIA DO PROGRAMA-QUADRO COMUNITÁRIO DE INVESTIGAÇÃO & INOVAÇÃO – HORIZONTE 2020 – 2017

A recuperação dos Clérigos venceu na categoria de Conservação e Restauro, graças ao seu "restauro abrangente" realizado ao longo de dois anos. De acordo com o júri da Europa Nostra, a abordagem interdisciplinar aplicada no projeto, recuperou de modo notável este edifício idealizado por Nicolau Nasoni. Esta distinção, instituída pela UE, reconhece as intervenções exemplares para a salvaguarda do Património Cultural.

PRÉMIO EUROPA NOSTRA, DA UNIÃO EUROPEIA – 2017

No âmbito do prémio IHRU 2015 o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) atribuiu uma menção honrosa à obra de restauro e recuperação da Igreja e Torre dos Clérigos. Este prémio destaca a qualidade dos trabalhos técnicos executados pela Signinum. O júri destaca: " grau de dificuldade da intervenção, perante o confronto entre a necessidade de recuperar um edifício em mau estado de conservação, salvaguardando as características que definiam os valores patrimoniais e culturais, e a necessidade de adaptar um edifício do séc. XVIII, criando condições para ser visitado", por cerca de mil pessoas diariamente.

Menção Honrosa IHRU - 2015

O projeto de restauro e recuperação da Igreja e Torre dos Clérigos venceu a 9.ª edição do Prémio Vasco Vilalva. O prémio distingue este conjunto patrimonial e a qualidade geral da intervenção. Todo o trabalho quer de reabilitação quer de conservação e restauro foi levado a cabo pela Signinum entre Dezembro de 2013 e 2014. O júri destacou o tratamento adequado do património integrado deste monumento, tendo-se devolvido ao conjunto a dignidade e os valores perdidos. Esta intervenção devolveu à cidade do Porto o seu ex-libris.

Prémio Vasco Vilalva 2015, da Fundação Gulbenkian - 2015

Reconhecerem o nosso trabalho é sem dúvida uma das melhores coisas da vida!

Uma das formas desse reconhecimento é através da atribuição de prémios. Mas, esses mesmos prémios, para além da natural satisfação, notoriedade e sentimento de dever cumprido, não são só de um indivíduo ou entidade. Normalmente muitos são os rostos incógnitos, que tornam possível esses mesmos momentos, que perduram para sempre na vida de cada um, são memórias para mais tarde contar. Desta forma, queremos dizer obrigado aos nossos clientes, colaboradores, fornecedores e parceiros de negócio. Obrigado às nossas familias muitas vezes privadas da nossa presença! Obrigado a todos pela confiança, pelos contantes desafios que nos colocam dia-a-dia, pela generosidade e pelo contributo decisivo para o nosso sucesso! Obrigado.